Qui, 26 de Maio de 2011 12:25

Percussão e Projetos Sociais

Fala galera! Quem escreve para vocês hoje é o percussionista André Kiko (@kikodooelo)! Nesse post vou falar de projetos sociais (ONGs) que temos no Brasil e envolvem a percussão.

Entre várias que existem no Brasil, podemos citar duas ONGs que trabalham a arte, a musicalidade e a percussão. São o Afro Reggae e o Olodum! Ambas têm como principal objetivo incentivar os jovens para que saiam do mundo das ruas e tentem uma inserção na sociedade através da musica, da arte e principalmente a percussão. 

Particularmente, levo essas ONGs até como um incentivo para a minha vida, sou um fã incondicional das histórias, missões e ideologias desses dois projetos!

Para poder explicar um pouco do AfroReggae (fundado em 1993), vou colocar alguns trechos disponíveis no site oficial:

“O embrião do projeto foi o jornal AfroReggae Notícias, cuja primeira edição circulou em agosto de 1992. O informativo – distribuído gratuitamente e sem anunciantes – logo se tornou um canal aberto para o debate de ideias e de problemas que afetam a vida de negros e pobres.

Em 29 de agosto de 1993 ocorreu a Chacina de Vigário Geral, na qual 21 moradores inocentes foram assassinados. Um mês depois, os produtores do AfroReggae Notícias chegaram à favela de Vigário Geral oferecendo oficinas de percussão, capoeira, reciclagem de lixo e dança afro para os moradores dali.

Ao longo de seus 18 anos (que foram completados no dia 21/01/2011), o AfroReggae vem utilizando atividades artísticas, como percussão, circo, grafite, teatro e dança para tentar diminuir os abismos que separam negros e brancos, ricos e pobres, a favela e o asfalto, a fim de criar pontes de união entre os diferentes segmentos da sociedade.” 

Este ano, todos podem lembrar, tivemos a visita ao Brasil do presidente norte-americano, Barack Obama. Na ocasião, ele elogiou muito a ONG! Além de ser um motivo para todos os brasileiros ficarmos felizes, para mim, um percussionista, é ainda mais emocionante, pois podemos mostrar nossa musicalidade ao mundo.

Atualmente o coordenador do AfroReggae, José Junior (uma das pessoas mais respeitadas do país), tem um programa de TV chamado “Conexões Urbanas” no canal Multishow, onde ele mostra um pouco do movimento social em diversos guetos da cidade. Junior procura mostrar a diferença cultural que a sociedade impôs entre os ricos e os pobres, pretos e brancos, sempre dando muito enfoque a PAZ. Que é o que precisamos...




Só para frisar, sou um fã do trabalho e da luta deste cara! Para os que curtem este tipo de projeto, boa musica e ainda por cima muitos batuques, indico conhecerem um pouco mais a historia, as lutas e as oficinas que o projeto AfroReggae disponibiliza às suas comunidades.

Valeu galera! Nos próximos posts irei citar mais algumas ONGs que trabalham a arte, a música e principalmente a percussão.


Um Abraço a todos e #VAIDOOELO!!